Projeto Inabitar

Ficha Técnica:
Ano: 2017 | Projeto de Pesquisa  | Área: S/ m² | Localização: São Paulo

Inabitar

“Entre as várias mudanças revolucionárias deste século, talvez as mais profundas sejam as mudanças nos métodos de raciocínio que podemos usar para perscrutar o mundo. Não me refiro aos novos cérebros automatizados, mas sim aos métodos de análise e descoberta próprios dos cérebros humanos: as novas estratégias de raciocínio. Eles evoluíram principalmente como métodos científicos. Mas o despertar mental e a ousadia intelectual que representam começam a atingir pouco a pouco outros tipos de investigação. Os enigmas que pareciam insolúveis tornam-se passíveis de análise. Além do mais, a própria natureza de certos enigmas não é mais o que parecia ser.”

Janes Jacobs, Morte e Vida de Grandes Cidades

Em uma cidade onde a subutilização de muitos prédios localizados na região central é um tema constantemente debatido, o projeto Inabitar coloca-se como um elemento introdutório de uma discussão teórica para o meio onde ele se insere.

Na velocidade dos automóveis, no andar das motocicletas e no caminhar dos pedestres algumas construções das metrópoles passam despercebidas dos olhares comuns. Com algumas particularidades genéricas esses espaços reunidos formam juntos um grupo: os excluídos. Neles estão inseridos terrenos subutilizados, prédios vazios, construções não finalizadas, ruinas de demolição, entre outros. Os excluídos possuem um grande potencial para fazer parte de uma nova política de projetos sociais (sendo eles voltados para habitação, cultura ou educação) no centro de São Paulo e mesmo que alguns já tenham entrado nessa seleção, com a constante mudança de governo e o tempo que esse tipo de projeto leva para ser desenvolvido acabam não evoluindo como poderiam.

Esses espaços já não pertencem a ninguém e não oferecem conforto nem dignidade aos que insistentemente os ocupam. Porque não os extrapolar na sua não identidade e faze-los serem vistos? Através desse reconhecimento, os olhares desatentos poderão se voltar para o tema e para a reflexão transformando aos poucos a cidade habituada ao lugar comum.

O projeto Inabitar busca através de uma crítica aos espaços subtilizados na região central da cidade de São Paulo, criar construções não habitáveis e com caráter escultórico que exaltam a não funcionalidade e exploram o imaginário da cidade.

IMG-01-site

inabitar_metamoorfose_studio_02-site

IMG-02-site